quinta-feira, 13 de julho de 2017

O Reverso da Mídia (A Era da Insensatez)




Quando eu estava na faculdade, um professor passou pra gente assistir alguns vídeos sobre a influência da mídia na vida das pessoas, a questão do consumismo, da perca de valores, etc. Lembro que eu e meus amigos gostamos muito e só falávamos nisso. Lembro que estava tão revoltada com o BBB que ficava imaginando eu chegando com um tanto de gente fazendo uma espécie de manifestação contra o Pedro Bial, saindo na TV e tudo, dando entrevista para acabar com tanta futilidade que a mídia transmite ultimamente.
Vou fazer aqui tipo um ensaio sobre a mídia, falando de diversos assuntos : novelas, programas, música, artistas, e outros; falando de seu poder de persuasão na sociedade, o problema do consumismo, etc. Contando quando me senti influenciada e porque isso aconteceu para dar exemplos.


Novelas
As novelas têm algo muito forte em questão de influência de valores, costumes, comportamentos principalmente em crianças e adolescentes que ainda não têm muita consiência das coisas, sendo assim possuem uma mente fácil para a manipulação.
Lembro que meus pais não me deixavam assistir novelas, por causa disso mesmo, tinham medo que eu me influenciasse. Mas com o tempo não teve jeito, tiveram que deixar, pois grande era a minha insistência, já que todo mundo assistia e só eu que não, então já viu né. Não me lembro qual foi a primeira novela que acompanhei, acho que foi "Laços de Família" ou "Coração de Estudante". Mas me lembro claramente qual foi a primeira novela que realmente me influenciou de verdade.
Foi a novela "O Cravo e a Rosa" quando estava em reprise no "Vale a pena ver de novo" não me lembro o ano mas lembro que eu era adolescente, estava no ginásio.
Inspirada na obra de Shakespeare - "A megera domada", a novela me prendia muita atenção. Eu simplismente fiquei vidrada na personagem Catarina, que era muito brava, durona, que fazia par romântico com Petrúchio. Eu era fã demais dela, gostava do seu figurino, de seu jeito, de sua aparência, enfim, amava mesmo. E gostava de imitá-la, sempre. Dizem que eu comecei a ficar parecida com ela, falava igual a personagem, comecei a me inspirar nela, inconsciente!
Gostava das novelas de época, que transmitia um pouco de história como Cabocla, Sinhá Moça, mas foram as últimas que assisti. Atualmente dei uma assistida em "Os dias eram assim" por causa da história da supersérie que se passa na  ditadura e transmite um pouco da história do Brasil nessa época. E só. Novela é um curso que te ensina tudo o que é o contrário de virtudes, de valores e sabedoria, além de ser perca de tempo (sempre fui ocupada demais para novelas, graças a Deus.) Evitem!


Programas de TV
Nunca assisti BBB, pouco assisti Eliana, Gugu, etc. Acho um tanto prejudicial por conta do disperdício do tempo, coisas fúteis sobre a vida dos outros, sobre a vida dos artistas, coisas que não mudam e não acresentam em nada em nossa vida.
Há muitos programas bons como Globo Repórter por exemplo, capaz de trazer conhecimento, na TV por assinatura há programas ótimos como Globo News Literatura, O mundo visto de cima, no canal History há muita coisa boa também. Então é importante saber selecionar o que assistir, tem coisas boas no meio do que não presta, mas a maioria é lixo mesmo.





Música
A música com certeza é muito influente principalmente nos adolescentes, claro. Sempre temos vontade de imitar um cantor(a) se somos fãs dele(a). Quem não gosta de ouvir música enquanto trabalha, passeia, dorme, etc? Música é terapia, é trilha sonora de nossas vidas. Mas é preciso tomar cuidado com quem ouvimos e se somos influenciados pelo cantor(a).

Internet
Colocando a internet no meio de tudo isso, porque é mídia também, a internet com certeza influencia através das redes sociais, de quem seguimos nelas, dos sites que costumamos acessar, enfim, temos que ficar de olhos abertos, pois tem sito muito prejudicial para os adolescentes, jovens e até adultos. Muitos casamentos têm acabado pelo mau uso das redes socais, porque tudo é num clique muito fácil, todos com o mundo nas mãos. É um ótimo instrumento e deve ser muito bem usado.
Sobre as redes sociais, é uma ilusão, todos querem se mostrar felizes, postando fotos em diversos lugares, colocando status, frases que na verdade muitas vezes não vivem de verdade o que está sendo postado. São personagens (nem todos, não estou generalizando) mas já vi muita gente que aparenta ser uma coisa na internet e pessoalmente é outra coisa, totalmente diferente. O que está sendo prezado mais atualmente é a vida virtual, todos conversam pelo celular com quem está longe e não com quem está perto. Parece que as pessoas são avaliadas pelo número de seguidores no Twitter, ou pelo número de curtidas no Facebook! Que mundo é esse?



Assista aos vídeos que vi na faculdade - O Reverso da Mídia (A Era da Insentatez):

Parte 1



Parte 2




Parte 3



Parte 4







4 comentários:

  1. Olá, Larissa, olha... fecho com você em tudo! Devo ter assistido pouquíssimas novelescas há muitos anos, tanto é que nem lembro o nome delas. Uma chatice, um interminável lenga-lenga em que as personagens 'fortes' são as que têm mais defeitos. Não sei o que acontece no mundo das novelas, dos BBB e aparentados. Vejo os canais fechados, Arte, Curta, News, noticiosos, entrevistas, Roda Viva e por aí. Quanto às Redes Sociais... uf, não faço parte de nenhuma. Pelos motivos que você falou, fúteis e rola muita agressividade.
    Dei uma olhada no teu blog e gostei do que vi. Parabéns pelo blog, Larissa. Vi que temos algumas coisas em comum. rs
    Obrigada pela sua visita, voltarei por aqui, sim.
    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, muito verdade isso né! Ganhamos muito em não participar...
      Que bom que gostou do meu blog, também gostei demais do seu! Sim realmente temos muito em comum e sempre retornarei ao seu! Grande abraço!!!

      Excluir
  2. Faz tempo que não vejo TV de verdade, infelizmente nada ali consegue me prender mais, então por isso que migrei pra internet, mas ultimamente nem tenho tido tempo, uma coisa que eu to fazendo agora é lendo a série do Guia do Mochileiro das Galáxias (lê que é legal)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A internet realmente está substituindo a TV. Com certeza a leitura é uma ótima substituição! Também tenho encontrado esse prazer...

      Excluir