quinta-feira, 19 de novembro de 2015

# Cinema

A Vida é Bela






(Contém spoiler)







Mais Cinema! Fala sério, é muito filme, muita série, e muito livro para pouca vida, haha. Imagina que eu ainda não havia visto esse filme? E estava há muito tempo com ele na cabeça e acabava esquecendo, e de repente, ele aparece na Netflix do nada e é claro que arrumei a melhor hora para assistir! E já sabia um pouco do contexto e tinha muita curiosidade de saber como o pai poderia apresentar um mundo de fantasia e brincadeira no meio dos horrores da 2° Guerra!
Fiquei espantada e creio que a mensagem que o filme passou é algo que eu realmente preciso aprender, não só eu, mas a torcida inteira do flamengo e mais um tanto de gente. A vida é bela, esse é o título, vamos refletir um pouco: a vida é realmente bela? O filme mostra claramente, que isso depende de nós, do nosso olhar e de nossa mente, do poder da nossa imaginação. Não seria ilusão e sim um ângulo diferente de se olhar.
Será que a vida é bela quando assistimos os noticiários, quando ficamos sabendo de notícias ruins, quando perdemos o nosso emprego, quando alguém nos diz algo que nos chateia ou quando estamos com dores? Depende de nós. Temos que mudar o nosso olhar, nós precisamos mudar.
O barco que está em alto mar pode passar por tempestades e muitas turbulências, mas se sabe para onde vai ele não afunda. Admirei muito esse papai do filme, fez o garoto ver um jogo na guerra, foi inteligente, ele tinha um foco: salvar a vida de sua família. 








Penso que muitas vezes fazemos o contrário, enxergamos somente as coisas ruins quando na verdade há muito mais coisas boas, isso sim. Tanta gente triste, desanimada porque tem quilos a mais ou porque não tem dinheiro para comprar aquele sapato, ou porque alguém deixou de responder uma mensagem no whats app. Terrível né? Enquanto isso, muitos como esse papai do filme, conseguem ver um oásis no deserto, sem que ele esteja lá.
Qual é nosso foco afinal? Penso que é onde colocamos nosso coração. O coração desse pai estava na família e não em si ou na realidade triste que o cercava. Incrível a cena que ele caminha para a morte feito um palhaço! Para mim foi a melhor cena! Quanta alegria e bom-humor, é como canta o Falamansa: "não que a vida seja assim tão boa, mas o sorriso ajuda a melhorar..."






Essa frase de Fernando Pessoa é um sinônimo do que o filme quer passar. Tudo o que vivemos pode ser bom ou ruim, depende do tamanho de nossa alma. Há pessoas que reclamam de tudo já viu? Ninguém aguenta ficar perto delas. Falta otimismo, falta ânimo, falta alma, falta gratidão e um olhar especial para tudo na vida.
O bom humor e um rosto alegre muda qualquer realidade. Eu acredito nisso, você acredita? 
Para encerrar, queria deixar aqui uma oração de um santo muito bem humorado. São Thomas More, conhecem? Essa oração é muito especial para mim, me acompanhou em um momento muito bom da minha vida e quero que me acompanhe sempre, o Papa Francisco aconselha rezar, ele reza todos os dias:


Oração do bom humor


Senhor, dai-me uma boa digestão,
mas também algo para digerir.
Dai-me a saúde do corpo, mas também
o bom humor, necessário para mantê-la.


Dai-me, Senhor, uma alma simples,
que saiba aproveitar tudo o que é bom
e que não se assuste quando o mal chegar,
e sim que encontre a maneira de colocar as coisas no lugar.


Dai-me uma alma que não conheça o tédio
nem os resmungos, suspiros e lamentos,
e não permitais que eu me atormente demais
com essa coisa incômoda demais chamada “eu”.
Dai-me, Senhor, senso de humor!
Amém.



São Thomas More




Gente, olha aí, a vida é bela!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parcerias


Parcerias, digulgadores desse Blog:










Quer ser parceiro(a)?

Envie um e-mail para: larissa.coriemariae@gmail.com