quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Peça Teatral - Entre o BEM e o MAL





Personagens:

  •     Anjo
  •     Demônio
  •     Filho de Deus


CENA I
Filho de Deus: “... Pai Nosso que estais no céu...”
Demônio: Ei, pra quê rezar em casa? Você já vai toda semana ao grupo de oração! A vida é feita de felicidade, você deve aproveitar enquanto ainda é tempo! Divirta-se, saia com seus amigos, tome uma cervejinha! Afinal, você é de carne e osso, não é santo!
Anjo: Não faça isso! Orai sem cessar! O demônio te tenta o tempo todo! Orai e vigiai!
Filho de Deus: Pra que rezar agora se tenho tantas coisas pra fazer? Já rezo bastante no grupo. Vou sair e divertir com os amigos... Faz tanto tempo que não faço isso. Afinal eu mereço, sou gente.
       

CENA II
(Volta bêbado e cai. Levanta e lembra que está na hora do grupo)
Filho de Deus: Nossa, está na hora do grupo! Tenho que ir!
Demônio: Pra quê? Você já foi semana passada! Não tem problema faltar de vez em quando!
Filho de Deus: Bom, se bem que eu tenho um trabalho pra fazer da faculdade e não deu tempo por causa da saidinha que dei. Tenho que fazer.
Anjo: Não falte! Seja perseverante! Essa é a vontade de Deus.
Filho de Deus: Ah... Faltar de vez em quando não faz mal. O importante é que semana que vem eu vou!
       
CENA III
Filho de Deus: Nossa hoje é dia do grupo de novo. Vou, porque semana passada não deu pra eu ir.
Demônio – Pra quê freqüentar o grupo? Ir à missa já é o bastante.  A comunidade tem muitos compromissos e toma demais o seu tempo. Você não tem tempo pra mais nada.
Anjo- Não o ouça. Deus pede que estejam reunidos em comunidade e descerá o Espírito Santo!
Filho de Deus: Ah... Quer saber? Pensando melhor, vou sair do grupo. Afinal, já sou fiel à Santa Missa. Isso é o que importa. Ninguém vai sentir minha falta, ninguém valoriza o que eu faço mesmo.

CENA IV
Filho de Deus: Vou à missa!
Demônio: Pra quê ir à Missa? Você não vê que os padres são pecadores?
Filho de Deus: Se bem que estou cansado de ir e os padres e as pessoas tão pecadores, não mudam de vida! E outra: não entendo nada, fico distraído!
Anjo – Está se afastando completamente de Deus. A Eucaristia é o maná do céu!
Filho de Deus: Não é só porque não vou à missa que deixo de acreditar em Deus. Posso rezar em casa, oras.


CENA V
Demônio – Pra quê religião, pra quê Deus? Você é tudo! Você pode tudo! Você é um máximo!
Filho de Deus- Eu sou um máximo, eu posso tudo! Mas por que sinto esse vazio existencial? Por que existo, que sentido tem minha vida? Estou muito triste!
Anjo- Por uma razão muito simples! Você largou o sentido de sua vida. Você abandonou o caminho de Deus: a comunidade, a oração e a Santa Missa. Deus é o sentido de sua vida, Ele te criou para Ele.
Demônio – É isso que eu faço com sua vida! Tiro-te de Deus aos poucos até você ser completamente infeliz, como eu sou.
Anjo – Deus é infinitamente misericordioso. O que está esperando? Volta para o seu Senhor! Peça à Virgem Santíssima que interceda a Deus por você!
Filho de Deus: (reza a Ave- Maria com o terço na mão e o demônio foge)
(Música – Com Jesus tudo pode ser mudado – Salete Ferreira)


FIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário