segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Tudo num sopro

segunda-feira, dezembro 03, 2018 2 Comments


Lancei um olhar amoroso sobre mim:
Sou um sopro de Deus
Semente de Deus
Sou a alegria de Deus.

Que minha mão pinte jardins de flores
Que minha voz cante belas canções
Que meus passos deixem marcas de céu, de céu, de céu...

No meu pescoço tenho um colar pendurado
Pendurei Deus feito colar
Saí com Deus pendurado

Saí aos campos a saltitar
Saí a cantarolar
Cantava: meu Deus, pra sempre vou Te amar!

Um vento soprou:
Deus me abraçou...
Deus me abraçou!

Seu amor é explosão!
Agora aguenta coração:
Deus pulou de emoção!

Deus me colheu com amor
Sou rosa do meu Senhor
Vou com Ele por onde for.

Tudo num sopro.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Deus é...

segunda-feira, novembro 19, 2018 2 Comments




Deus é uma FESTA
Sou toda pra Ele
E Ele é todo pra mim
Por isso vivo uma festa sem fim...


Deus é criança
Deus é jovem
Eterna infância e juventude
Pelos séculos dos séculos

Deus ri
Ri baixinho
rido solto feito passarinho

Deus é meu dia feliz
Alegre feito um chafariz
Doce feito quindim
Suave feito jasmim

Voa feito borboleta
Ele até da pirueta
Mais veloz que um cometa
Suave simples violeta


Deus me toca feito brisa
Meus cabelos Ele alisa
Deus me nina, nina, nina...
Sou sua menina!


Deus é chuva na roseira
É chuva prazenteira
Deus é tudo que dá gosto
É pêssego no rosto

Deus é uma eterna canção
que ressoa sem cessar
no rádio do meu coração
Meu Deus: minha preferida canção!



Deus de Israel
Sou sua Rapunzel
Jogo minhas tranças
Deus me puxa e me balança...
Ah! Estou no céu..


Se Deus me vê, pra que estar na TV?
Deus e eu: que imensa maioria!

Deus comigo sorri
Ele ama minha risada
Ama minha gargalhada
Fala no meu dialeto!
Ah meu Deus eu Te amo
Pra Ti eternamente meu afeto!



quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Trem das 11h

quarta-feira, outubro 10, 2018 2 Comments



Saí apressada quando levaram meu Jesus ao suplício da cruz. Encontrei com alguém que me perguntou:

- Aonde você vai às pressas?
- Vou pegar o trem das 11h.
- Cadê suas malas?
- Esqueci de fazê-as.
- Cadê sua passagem?
- Esqueci de comprá-la.
- Que horas são agora?
- Nossa! Perdi o trem! Estou sem relógio!
- Espera! Já sem quem é você. Não é você que andava com Jesus?
- Sim.
- E por que está fugindo?
- Estou desesperada.
- Por quê?
- Porque Ele vai morrer por mim, está completamente louco, e eu não quero estar lá para ver esse espetáculo de amor.
- Por quê???
- Porque se eu ver, morro de amor junto e se eu morrer minha mãe me mata. Morro mais não perco a vida!

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

O nosso cotidiano

quarta-feira, setembro 19, 2018 4 Comments

Quantos dias temos para viver em nossa vida, quantos anos? Quantos minutos, quantos segundos? E o que estamos fazendo com eles, o que fazemos com nossos segundos, minutos, horas, dias, anos até consumar nosso século. O que dura? O que perdura e não acaba?
Comer, dançar, pintar, orar, ouvir música, tocar um instrumento, trabalhar, costurar, limpar, escrever, ler, resenhar, dormir, tomar banho, cuidar de alguém e cuidar de si mesmo: tudo isso é o quem ocupa a vida de uma pessoa nesta terra. Mas que sentido tem tudo isso? Quando isso vai acabar, o que será que tem depois da morte, será que vamos receber um castigo ou um prêmio por cada coisa que realizamos todos os dias?
Que filosofia hein, já basta as aulas que estudamos os filósofos, certos estudiosos que passavam noites em claro para entender porque aqui estamos e para onde vamos, de onde viemos?
Dizem que para sermos felizes temos que fazer o que gostamos. O que faço no meu dia? Acordo, tomo café, escovo os dentes, trabalho, estudo, caminho, ouço musicas, rezo, encontro com as pessoas, converso, dou risadas, assisto filmes etc. 
Adélia Prado diz que só temos o nosso cotidiano e cabe a nós descobrirmos nele um tesouro. Ela encontrou a poesia em seu cotidiano retirando dele toda a beleza, e é a beleza escondida que é o sagrado que confere o sentido e o significado de todas as coisas que fazemos todos os dias. Fala a verdade, fazer as mesmas coisas todos os dias cansa e nós gostamos de tudo o que é novo, amamos novidades.
Dizem que tempo é dinheiro, e o que fazemos com ele? Qual é o sentido de acordar todos os dias? O que nos enche de vida e coragem?
Esses dias conversando com uma pessoa sobre os prazeres da vida, descobri que comer não pode ser a única via do prazer, a boca  é o primário, temos outras maneiras de sentirmos prazer através dos outros sentidos: o olfato, a audição, a visão, sendo vendo fotos, pinturas, ouvindo uma música clássica, um som de violino ou fazendo um atrtesanato, lendo um livro, assistindo um filme. Se encontramos prazer em um único sentido vira vício e não é saudável. É como se uma pessoa ou ficasse só a toa ou só trabalhasse. Os dois estão errados. A virtude é a saúde da alma e nos leva ao equilíbrio, à temperança.
Devemos ter um sentido, uma direção, aonde queremos chegar? O que queremos alcançar? Se sabemos para onde vamos qualquer lugar serve. Devemos ser inteiros em tudo o que fazemos no nosso dia e assim chegaremos a nós mesmos e seguraremos a eternidade em um segundo, então fica eterno tudo que amamos.
Essa pintura que coloquei no post foi por esse motivo: esse velhinho parece estar inteiro tocando violino e nada mais importa pra ele, ele está totalmente vivo, cheio de jovialidade pois entrou na sua música. Isso é o cotidiano verdadeiro: viver cada instante profundamente, degustar tudo que estamos fazendo, fazer com amor e bem feito e então seguramos e guardamos o sagrado. E nossa vida ganha sentido.
Seja o que for fazer, faça inteiro, dedique-se ao máximo, faça com amor. Isso é mergulhar na vida, viver de fato a vida que nos foi dada. Nunca deixe um livro pela metade, nunca deixe de escutar uma música com sua alma, aprecie uma pintura com atenção, não deixe de apreciar uma paisagem, de sentir o sabor de um alimento devagar, de correr sentindo o vento, de dançar sentindo a música, de estudar com curiosidade e vencer os obstáculos com fortaleza.
O cotidiano é o nosso pão de cada dia, alimente-se de seu dia, e seja pleno, uma pessoa plena é aquela que se deixa alimentar pelas coisas e não somente passa por elas. Não espere a morte chegar para aprender a viver. Bom é isso, filosofei demais, isso é tudo pessoal.









sábado, 18 de agosto de 2018

Rubem Alves

sábado, agosto 18, 2018 6 Comments




Olá blogosfera! Quanto tempo sem postar! Estava já com saudades... Parece que de vez em quando falta assunto pra se falar mas de repente surge um espetáculo que merece palco e plateia. De que espetáculo falo? Do nosso querido saudoso escritor brasileiro Rubem Alves! Claro que ele merece o topo das minhas postagens, ele merece o primeiro lugar no meu coração.
Afinal quem é esse exímio senão um poeta, cronista, professor, psicanalista, pastor, filósofo, teólogo e uma pessoa de enorme sensibilidade e que amava a vida. Foi casado e teve três filhos, da qual a mais nova a Raquel ele contava histórias pra fazer sua infância feliz e fez muito sucesso com seus livros infantis.
Suas frases são muito famosas:






Amava ser educador, acreditava nas crianças e em um mundo que sonha. Acreditava em Deus lendo os poetas pois pra Ele Deus é uma música, alguém cheio de amor e que quer brincar. Via Deus como uma criança sorridente, e alma como um jardim:

"Todo jardim começa com um sonho de amor.
Antes que qualquer árvore seja plantada
ou qualquer lago seja construído,
é preciso que as árvores e os lagos
tenham nascido dentro da alma.
Quem não tem jardins por dentro,
não planta jardins por fora
e nem passeia por eles..."


Entre seus livros li "Ostra feliz não faz pérola", "Pimentas", "A alegria de ensinar" "Se eu pudesse viver minha vida novamente", e a biografia "É uma pena não viver". Recomendo muito, Rubem teve uma vida incrível e nos inspira a sermos pessoas melhores e a amarmos a vida e o que de bom ela nos oferece.
Vejo em Rubem uma pessoa que sonhava e as pessoas estão esquecendo de sonhar e promover o amor como ele promovia. Digo promovia e sonhava porque ele faleceu em 2014 e nos deixou uma obra fantástica que foi sua marquinha nesse mundo vasto que ele tanto percorreu e se encantou e nos encantou também. Mais pensamentos dele que gosto muito:


"Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música não começaria com partituras, notas e pautas. Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria sobre os instrumentos que fazem a música.
Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas. Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes."

"O essencial é aquilo que, se nos fosse roubado, morreríamos. O que não pode ser esquecido. Substância do nosso corpo e da nossa alma... Os poetas são aqueles que, em meio a dez mil coisas que nos distraem, são capazes de ver o essencial e chamá-lo pelo nome. Quando isto acontece, o coração sorri e se sente em paz..."

No mais, leiam Rubem Alves, é uma riqueza sem fim. Até mais blogosfera!

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Minha Rosa é Deus

segunda-feira, julho 16, 2018 0 Comments



"Foi o tempo que investiste em tua rosa
que fez dela tão importante..."

A Deus dou o meu tempo
Pra Ele tudo que eu faço
Pois só Ele é Sagrado

Pra Deus todas as horas
dias, meses e anos
anos a fio, a fio...

Deus é tudo que sonhei
Bela rosa que cultivei
Para Deus eu sempre viverei!

Deus é minha rosa imperecível
Pois Ele é amor inesquecível
Puro amor que não passa, não passa

Eu cuido de Deus
E Deus cuida de mim
Nosso amor não tem fim...

Em Deus estão as minhas delícias
Sou seu paraíso
E Ele é o meu, Ele me prometeu!

Puro carinho e afeto
Encontro em eu caminho reto

Deus é na verdade
Um tesouro de caridade
Minha maior felicidade.



segunda-feira, 11 de junho de 2018

Vida

segunda-feira, junho 11, 2018 0 Comments





A natureza enfeita a vida
Cada flor, cada borboleta,
Cada estrela, cada cometa
São presentes do Criador
Que criou o mundo por amor.

No fim da vida, em seu entardecer
Deus vai me entregar um buquê
Minhas flores a exalar
Minha vida é perfume de Deus
Que vai pra sempre perfumar!

Já sei como caminhar
A vida é um lindo campo
Caminho sorrindo, caminho cantando...
Caminho sem parar
Vou pelos campos a saltitar

Minha vida é um campo belo
Campo azul, rosa e amarelo
Como o beija flor beija a flor
Beijo minha vida com amor,
Por mais que exista dor, a vida é presente do Criador!

Parcerias


Parcerias, digulgadores desse Blog:










Quer ser parceiro(a)?

Envie um e-mail para: larissa.coriemariae@gmail.com